terça-feira, 5 de outubro de 2010

O Universo conspirava a nosso favor... E eu achava que era contra

E eu ainda achei que ia ficar sozinho pra sempre...

Que as pessoas iam passar por mim e balançar a cabeça como se balança para aqueles que nunca conheceram a felicidade...

E que o mundo era assim mesmo, cinza, cheirando a óleo queimado...

E que todas as meninas eram de plástico...

Corpo, vida e coração de plástico...

E que eu nunca fosse encontrar alguém que fosse realmente vida...

E coração, e nervos, e intestinos, e suor, e lágrimas, e ser que inspira, expira, e vive...

E voa.

Como dizia Coélet, filho de Davi...

O sol se levantava, o sol se punha, voltando depressa pro lugar de onde surgiria de novo...

O vento soprava para o sul, depois para o norte, e girando e girando, ia dando as suas voltas...

Todos os rios corriam pro mar, e o mar nunca tranbordava...

Mesmo que chegassem a seu fim, os rios nunca paravam de correr...

As coisas que aconteciam, aconteceriam de novo, debaixo do sol não havia nenhuma novidade...

Do riso eu dizia: "Tolice!" e da alegria: "Pra que serve?"

E os dias eram tristes...

Mas então surgiu uma luz...

E ela era tão forte que virei o rosto para o lado com medo de que ele fosse queimado...

Mas logo olhei seus olhos...

E vi que eles me olhavam...

E nunca ninguém tinha me olhado assim...

E hoje já não tenho medo que a luz me queime...

É ela que me dá vigor, e força, e alegria...

E agora sei porque as coisas se movimentavam daquele jeito...

O sol, os ventos, os rios...

Tudo se movimentava para que a gente se encontrasse...

O Universo conspirava a nosso favor...

E eu pensava que era contra...

De tudo ficaram três coisas...

A certeza de que a amo...

A certeza de que o mundo é bom...

A certeza de que quero ser feliz para sempre com ela...

Eu a amo.

Mais do que qualquer pessoa pode amar no mundo.

9 comentários:

  1. Que linda declaração, Marcos!
    Ter essa certeza e viver esse amor, nos torna mais completos, mais "partes do mundo"!
    Que vocês continuem se completando... :)

    Um beijo e boa noite!

    ResponderExcluir
  2. Como todo mundo quer que aconteça. *__*
    Espero ter a mesma sorte! Hehehe

    Bela declaração! =)

    ResponderExcluir
  3. Ah, esse texto é belo!
    Agraciado quem vive isso...

    E a "desagraciada" aqui se despede...

    ;*

    ResponderExcluir
  4. oWN..Q MEIGO..
    toda a felicidade do mundo pra vcs meus dois amigos q eu amo!!!
    e tbm qro viver isso!!!
    é tão lindioooooo...

    ResponderExcluir
  5. Que delícia de texto.
    Saudade daqui, ando tão ocupada
    com o concurso e poesia que
    produzo no momento]que ando mesmo ausente.
    mas não
    pude deixar de vir retribuir
    seu comentario la no blog.
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  6. Muito agradável leitura .
    O universo fluindo a cada amanhecer, um ciclo constante de águas , a noite rendendo o dia e o amor presente, permanecendo.
    Excelente Marcos.
    deixando abraços .

    ResponderExcluir

Olhares estrábicos