segunda-feira, 3 de outubro de 2011

A verdade

    Afinal, o que é a verdade? Que verdade busco? Existe verdade?

    Maquiavel, Maquiavel. Não sabe não sabes o tanto de dúvidas que plantas em uma existência! Chegar ao COGITO até foi uma boa: sei que existo, pelo menos.

    Mas o que mais existe? Essa aula? Pode ser um sonho. Os meus amigos? Posso ser esquizofrênico. As leis da física? Posso estar lidando com um Deus brincalhão que gosta de tirar com a minha cara. Sequer o tempo existe somente da forma que conheço, e sabe-se lá que outras formas pode assumir.

    A única certeza? Penso, logo existo.

domingo, 19 de junho de 2011

Saudade...

Não parece que faz tão pouco tempo... faz cinco horas que você saiu de casa e eu estou aqui com uma saudade tremenda...

E que disse que adianta fazer alguma coisa?

Fiz desenhos

Escrevi

Assisti seriados

Deitei no tapete

Comi doce de abóbora

Li o Livro de mórmon...

E que disse que a saudade passa?

Sem você tudo fica estranho, eu sinto saudades do mundo...

Talvez porque você seja o meu mundo...

terça-feira, 26 de abril de 2011

Depois de tanto tempo...



Sabia que meu amor nunca diminuiu?

Sabia que os mesmos suspiros que eu dava quando te conheci ainda podem ser ouvidos cada vez que eu fico longe de você e sinto saudades?

Sabia que mesmo convivendo o tempo todo com você; mesmo vendo você acordar todos os dias; mesmo estando do teu lado o tempo todo... Eu ainda não consegui encontrar sequer um defeito seu?

Sempre vou amar você pra sempre...

segunda-feira, 21 de março de 2011

De Volta

Nunca pensei que a primeira postagem de 2011 demoraria tanto pra sair... É que são tantas coisas, tantos rumos a se escolher e seguir...

De volta. Mais uma vez. disposto a sacudir a poeira e a tirar o cheiro de mofo desse computador. 

A vida é bonita como ela só.