domingo, 19 de junho de 2011

Saudade...

Não parece que faz tão pouco tempo... faz cinco horas que você saiu de casa e eu estou aqui com uma saudade tremenda...

E que disse que adianta fazer alguma coisa?

Fiz desenhos

Escrevi

Assisti seriados

Deitei no tapete

Comi doce de abóbora

Li o Livro de mórmon...

E que disse que a saudade passa?

Sem você tudo fica estranho, eu sinto saudades do mundo...

Talvez porque você seja o meu mundo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olhares estrábicos