terça-feira, 21 de setembro de 2010

Ser de novo

Depois de tanto tempo, a vontade de ser de novo...

A vontade de finalmente erguer a estrutura definitiva depois de tantos desabamentos e demolições e desconstruções e pilhagens e pichações e sujeira na parede...

Dessa vez tudo deve ser pensado.

Meticulosamente.

Os alicerces já estão lá, tão fundo quanto é possível e pensável.

Ou até mais do que isso.

Comecemos a construção, então.

Um comentário:

Olhares estrábicos